Quinta, 19 de julho de 2018
Contato:(75) 9 9911-5583 E-mail itaberabaemfoco@gmail.com

20º

Min 17º Max 28º

Céu limpo

Itaberaba - BA

às 22:19
Bahia

06/09/2017 ás 14h36

Itaberaba em Foco

Itaberaba / BA

MP-BA denuncia ex-vice-prefeito de cidade na Bahia por roubar peças de ambulância
O MP ainda denunciou o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Laje, Everaldo Barreto dos Santos, e seus filhos Erasmo Ramon Nascimento dos Santos e Osmar Nascimento dos Santos
MP-BA denuncia ex-vice-prefeito de cidade na Bahia por roubar peças de ambulância

O ex-vice-prefeito de Laje, Márcio Almeida de Almeida, foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) por roubar diversas peças da ambulância da cidade. Almeida foi denunciado pelo crime de peculato. O MP ainda denunciou o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Laje, Everaldo Barreto dos Santos, e seus filhos Erasmo Ramon Nascimento dos Santos e Osmar Nascimento dos Santos, por também subtraírem bens móveis públicos, em proveito do grupo, “valendo-se da facilidade que proporcionava a Everaldo Barreto e Márcio Almeida a qualidade de funcionários públicos”.


A denúncia aponta que, em dezembro de 2005, o então vice-prefeito rebocou o veículo GM/Kadett Ipanema, então utilizado como ambulância da cidade, até a Rua das Pedrinhas, no entroncamento de Laje. “Neste lugar, Everaldo Barreto e seus filhos Erasmo Ramon Nascimento e Osmar Nascimento subtraíram diversas peças automotivas da ambulância, entre as quais o motor, os amortecedores, o câmbio e o painel elétrico, e depois deixaram o veículo estacionado na via pública. Posteriormente, o ex vice-prefeito de Laje subtraiu uma cantoneira do referido automóvel”, explicou o promotor de Justiça Marcel Bittencourt.


Ele complementou que, passados alguns dias, Everaldo Barreto e seus filhos empurraram o veículo até os fundos do posto da Polícia Militar situado no entroncamento de Laje, em local aberto, de fácil acesso e visualização, onde permaneceu estacionado por cerca de sete meses, quando então foi apreendido por ordem judicial, em 5 de julho de 2006.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium