Editorial

Editorial em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres,

Frágeis, usurpadas, fortes, resistentes, atacadas ou defendidas, elas são inigualáveis e a mais sincera feitura original de DEUS. Não existe cópias. Elas são únicas.

Direito em Foco

Direito em FocoRogério Lima é Bacharel em Direito, escritor e opina sobre diversos temas.

08/03/2017 09h12
Por: Itaberaba em Foco

 *Mulher inigualável.* 

 

     Desde as Déboras que de Dona de casa vai a juíza, extensivo a mais eficiente economista do lar, nossos reconhecimentos.

     A mulher é de fato um ser sublime. Imprescindível para a vida do homem e da própria humanidade. Erarmos diz com a definição de seu canto de que é mentira absurda que ela seja de sexo frágil. Na verdade, seu sexo não é nem forte e nem fraco, é de amor e de resistência.  De amor quando ama sem reservas e intensamente. De resistência quando sofre toda sorte de desgraças e de ataques da violência machista e discriminatória provindas do animal que se diz pensar mas não pensa. A mulher sempre renasce como uma fênix, despertando e irradiando a sua força.

       Antes de ferir uma mulher, lembremos de que nascemos de uma. Esta e apenas esta, DEUS concedeu a dádiva de procriar. E aqui com perdão dos, exageradamente liberais, tem homem se imiscuindo no papel feminino e também mulheres outras que usurpam da função missionária das, verdadeiramente, mulher. Não é uma crítica discriminatória à mulher e ao ser homossexual, mas, uma mensagem para dizê-los, que muitos podem ser o que quiserem. Todavia, somente as mulheres podem ser elas mesmas na sua essência criadora de DEUS. Assevero. Não é uma crítica a quem quer que seja, mas, uma intenção direta para declarar de que todos, sem nenhuma exceção, proveem da mulher. Destas foram parte integrante no tempo gestacional e prosseguem sendo com elas ligadas pela força do amor.

        Frágeis, usurpadas, fortes, resistentes, atacadas ou defendidas, elas são inigualáveis e a mais sincera feitura original de DEUS. Não existe cópias. Elas são únicas. 

Por *Rogério Lima*

Em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, neste 8 de Março.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Últimas notícias
Mais lidas