Campanha de Haddad

Delator afirma que campanha de Haddad foi feita com dinheiro de propina.

Palocci ainda relatou que o pedido foi feito pelo ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, com a ordem do ex-presidente Lula.

21/01/2019 10h42Atualizado há 8 meses
Por: Itaberaba em Foco

O ex-ministro Antonio Palocci diz que a campanha de Fernando Haddad a prefeito de São Paulo, em 2012, foi feita com dinheiro de propinas.  Verba do contrato da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, de acordo com o blog de Fausto Macedo, do Estadão.

 

Palocci ainda relatou que o pedido foi feito pelo ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, com a ordem do ex-presidente Lula. 

 

A construtora Andrade Gutierrez, foi quem teria repassado o dinheiro. Ela que liderou o consórcio responsável pela construção da usina. Em 2016, a empresa havia confessado os pagamentos, como colaboradora da Operação Lava Jato. 

 

(Em 2012) recebeu visita de João Vaccari Neto no período de eleições municipais, uma vez que ele desejava saber se havia autorização para se cobrar das empresas do consórcio construtor da Usina de Belo Monte valores a serem empregados na campanha de Fernando Haddad”, diz o ex-ministro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.