Decisão

Ministro do STF rejeita pedido de liberdade de Lula.

Defesa alegou que recurso apresentado ao STJ deveria ter sido analisado pelo colegiado, e não por um ministro; para Fachin, do STF, o pedido não é cabível.

22/02/2019 09h50Atualizado há 6 meses
Por: Itaberaba em Foco

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Edson Fachin rejeitou na última quarta-feira (20) mais um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Desta vez, os advogados do ex-presidente argumentavam que o relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça, Felix Fischer, não poderia ter negado em decisão individual o recurso de Lula para tentar reverter a condenação do caso triplex. Para os advogados, o recurso deveria ser julgado pelo colegiado.

O ex-presidente Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no processo que investigou do caso do triplex do Guarujá. A sentença foi do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, que ampliou a pena originalmente determinada por Moro (9 anos e 6 meses de prisão).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Últimas notícias
Mais lidas