Política RIO DE JANEIRO

Secretário de Saúde do Rio de Janeiro é exonerado após denúncias de fraudes na compra de respiradores

Fernando Ferry já foi anunciado como novo secretário de Saúde.

18/05/2020 15h43
Por: Itaberaba em Foco
Secretário de Saúde do Rio de Janeiro é exonerado após denúncias de fraudes na compra de respiradores

O secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, foi exonerado do cargo na tarde de domingo (17). A demissão foi ocasionada após uma polêmica de fraudes, que teriam envolvimento de Santos, na compra de respiradores para ajudar pacientes vítimas do novo coronavírus.

Apesar de já estar sob forte pressão desde que se iniciaram denúncias de fraudes na compra do material, a assessoria de Wilson Witzel, responsável pela demissão, alegou que Santos foi exonerado por “falhas na gestão de infraestrutura dos hospitais de campanha para atender as vítimas da Covid-19”. Fernando Ferry já foi anunciado como novo secretário de Saúde.

O ex-subsecretário estadual de Saúde, Gabriell Neves, e outras três pessoas foram presas a pedido do Ministério Público. Além disso, a Polícia Federal deflagrou a operação ‘Favorito’, que prendeu mais suspeitos de fraudarem licitações da Saúde.

O Rio de Janeiro já conta com mais de 22 mil casos de coronavírus. Até a tarde de domingo (17), foram registradas cerca de 2.715 mortes e 637 casos a mais confirmados desde o último sábado (16).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.