Bahia DADOS PREOCUPANTES

Bahia cai de colocação no Ranking de Transparência no Combate à COVID-19

Somente Bahia e Roraima possuem hoje avaliação regular, sendo que as demais unidades da Federação tem classificação melhor.

29/06/2020 11h20 Atualizada há 2 semanas
Por: Itaberaba em Foco Fonte: CDI Comunicação Corporativa
Bahia cai de colocação no Ranking de Transparência no Combate à COVID-19

Um mês após o lançamento, a Transparência Internacional - Brasil divulga nesta segunda-feira a primeira atualização do Ranking de Transparência no Combate à COVID-19.

Os níveis de transparência sobre contratações emergenciais no enfrentamento da pandemia de 26 estados brasileiros e suas capitais, além do Distrito Federal, foram reavaliados e mostraram que governadores e prefeitos sentiram a pressão da sociedade e reagiram. Houve assim melhoria generalizada nos dados das capitais e dos estados.

Ao não acompanhar esse ritmo, a Bahia caiu da 17ª para a 26ª colocação. O estado perdeu 9 nove pontos desde o lançamento do ranking, para 45,5 pontos. Seu nível transparência para compras emergenciais, no entanto, manteve-se na categoria "regular". Somente Bahia e Roraima possuem hoje essa avaliação, sendo que as demais unidades da Federação tem classificação melhor.

Já Salvador avançou 19 pontos, para 73,4 pontos. A alta fez com que a cidade mudasse de categoria, de um nível de transparência "regular" para bom". Ela, no entanto, caiu no ranking, da 7a para a 13a colocação em decorrência do fato de várias capitais terem apresentado melhorias ainda mais significativas. A escala do ranking vai de zero a 100 pontos, na qual zero (péssimo) significa que o ente é avaliado como totalmente opaco e 100 (ótimo) indica que oferece alto grau de transparência.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.