Bahia COMO ASSIM?

Em plena pandemia, Governo da Bahia autorizou desmatamento de 34 mil hectares

De acordo com o levantamento, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), órgão estadual, emitiu 150 licenças para supressão de desmatamento neste mesmo período

05/07/2020 22h11
Por: Itaberaba em Foco Fonte: POLÍTICA AO VIVO
Em plena pandemia, Governo da Bahia autorizou desmatamento de 34 mil hectares

Um levantamento feito pela Associação de Advogados de Trabalhadores Rurais (AATR) da Bahia junto a dados oficiais do governo do Estado mostrou que o governo baiano autorizou, durante a pandemia de Covid-19 – ou seja, do dia 20 de março até o dia 26 de junho -, o desmatamento de 34.307,712 hectares no estado.

Deste total, 76,70% (26.315,2478 ha) do desmatamento foi para o agronegócio, sendo que 22.831,7671 havia vegetação nativa do cerrado.

As áreas onde o desmatamento foi autorizado pelo governo estadual são tradicionalmente ocupadas por povos e comunidades que dependem diretamente do cerrado para a sua própria existência, segundo a AATR.

De acordo com o levantamento, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), órgão estadual, emitiu 150 licenças para supressão de desmatamento neste mesmo período, sendo que 55 (36,66%) foram voltadas para o agronegócio.

As indústrias, incluindo a indústria química e petrolífera, receberam 28 autorizações (18,66%), seguidas pela exploração mineral com 23 (15,33%) e o turismo com 10 (6,66%).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.